Pálido onda de revisão – Gótico-Popper das sombras

um suspeito pálido de onda é uma espécie de nova oportunidade para deliciar-se com a minar as expectativas. Uma vista de olhos ao cantar o guitarrista Heather Barão-Gracie e o baterista contexto do papel das duas Gótico boneca de porcelana com Yin-Yang raven descolorar o cabelo loiro e é seguro assumir que a música vai Bo do rosto, emo Sturm und-drang que o seu sonho seria a capa da Kerrang! Conselho.

Em vez disso, como o Manchester quatro peças de lançamento na TV romance, maior a definir a data (2,9 m de visualizações no YouTube), pálido ondas revelam-se menos pálido e interessante e mais manhoso e funky. Barão-Gracie é deixar algum homem suavemente, – “eu e você não tem que / TV romance”–, mas a melodia é puro pop de guitarra, linhas de bejeweled e raiva em nome do remonta à época de Whitney Houston eu quero dançar com alguém.

Mulheres – Barão-Gracie e o volume de negócios – é o principal motor. O tecladista Charlie madeira roubada de outro Manchester banda e o guitarrista Hugo Silvani, veterano menos ambicioso roupas, são capazes de, ungothic mãos do Contratante delegações marido visão criativa.

Que visão é bom jogar: o pálido onda quinto lugar no BBC sports voz de 2018, enquete, um dos dois guitarristas 16 aspirantes. O volume de negócios é a produção do primeiro álbum da banda, que atualmente está sendo gravado. Eles estão em turnê de todos primavera no festival temporada. Pálido ondas pronto para ser obcecado pelo público, que são o visual gênero visuais são uma simbólico de preocupação.

Agora, porém, há uma garganta de compensação de quatro músicas do EP, todas as coisas que eu nunca disse e músicas como maníaco. Hoje ele oferece alguns vestidos de preto e inclinando-se. “Quando a morte vem, deve ser clara, obsessão,” canta o Barão-Gracie. Mas como parece que alguém deixou um vintage violino jogar don Henley, os meninos de verão, sob o palco.

Músicas como beijar a maré, ao mesmo tempo, juntar os pontos entre o branco Funk, mark Taylor Swift – pontos que não estavam claros, Barão-Gracie e o volume de negócios de rastreamento para eles como uma solução.

Facebook Twitter PinterestWatch de vídeo para a TV do romance, pálido ondas.Alguém não chegar lá primeiro, porém, é uma pálida onda labelmates e mentores, 1975 – outro Manchester guitarra em uma banda, que decidiu anos 80 o Funk-pop-nova guitarra rock indie, e imediatamente marcou um 1 º álbum, não só no reino UNIDO, mas os Estados Unidos com o que eu gosto quando você dorme, você é muito linda mesmo, agora, ciente de que este (2016). Eles agora estão usando o seu muito aguardado seguimento música para carros.

Em 1975, a produção de dois dos pálido abordou a construção individual – não é o mel de TV romance – 1975 cantor Matt Healy agradável orientação shift último vídeo. Quase todos os pálido ondas e a canção lembre de 1975, e talvez até uma determinada canção de 1975, ela é Americana. Enquanto o Barão-Gracie e a rotação pode olhar como o amor, a melancolia, e a pálida ondas teria que trabalhar duro para sair de seus mentores’ sombras.

Suas canções pop são fortes, no entanto. Uma última Véspera de Ano Novo e capta a preocupação de que enganar a noite de festa com a lagarta-da-espiga de uma melodia. Não eloqüente certeza – pálido abordado mais perceptível tema se repete em espiral assim como há mel. “Eu gostaria de dar-lhe meu corpo, mas tenho certeza de que você quer de mim?” Cante-o Barão-Gracie – apenas para ser cortada a bem-humorada fase de invasão.